A melhor Maneira De Viajar De Carro Com Animais De Estimação E Não Receber Uma Multa Surpresa

Os animais de estimação se tornaram, em vários casos, em um filiado a mais da família. E como se viajamos com gurias temos que nos atentar a usar sistemas de retenção adequados, os animais de estimação também são obrigados a viajar em carro seguro, em tal grau por eles como por outros passageiros.

Segundo a DGT, a incrível forma de transportar animais de estimação, se elas forem pequenas, é em sua mala no chão do carro. Se um animal de estimação é grande, o mais querido é botar a mala no porta-malas em localização transversal à direção da marcha. Preferível, neste caso, para maior segurança, combinar esse sistema com a grade divisória.

Em cada caso, sempre use um sistema de fixação adequado. Por conseguinte, aperfeiçoar a nossa segurança e a de nossos animais, no momento em que viajamos de automóvel é prioritário. Um animal multiplique teu peso por 35 em caso de acaso, quando circula a mais de cinquenta km/h. Apesar de que a metade dos proprietários de um animal não conhecem os regulamentos para o teu transporte, sim, há uma grande maioria (91%) que considera danoso, em tão alto grau pro animal como pros passageiros, transportar o animal de estimação sem proteção.

No mercado conseguem-se achar diferentes sistemas de fixação para que a viagem de carro mais seguro em tal grau para os passageiros como para os animais. Viajar com cães ou gatos é o mais freqüente, mas também há outros tipos de animais como roedores ou pássaros. A Associação Nacional de Fabricantes de Alimentos para Animais de Companhia (ANFAAC) estima que em Portugal existem mais de treze milhões de animais que vivem em 49,3% das famílias espanholas. Os chicotes de fios com duplo engate do cinto de segurança do automóvel são o sistema mais recomendado para prender os cães.

  1. Amadita Primary School
  2. Enfraquecimento na divisão traseira (posterior da desidratação)
  3. Que horror! Você precisa ligar neste momento para a polícia
  4. Começa a treinar teu cão tão logo seja possível
  5. FEITIÇO DE PROTEÇÃO
  6. Um Xolo se apresentou na primeira vez na Exposição canina de Westminster, em 2012
  7. Marrequinha comum, Anas crecca
  8. como As garotas não vão à escola, se há contágio em sala de aula

O chicote com um único gancho, é muito mais quebrável já que o mosquetão se rompe com um cão de 22 kg. No caso de cães de vasto porte, o mais aconselhável é levá-lo pela mala utilizando grades divisórias para que o espaço do habitáculo está totalmente separado do porta-malas.

Para impossibilitar que o animal se mova pro espaço de carga, podendo desestabilizar o veículo, o mais certo é combinar a grade divisória com um assento rebatível disponibilizado adaptado ao tamanho do cão. Para animais de baixo porte a alternativa mais segura é o assento rebatível disponibilizado encontrado dentro do habitáculo, todavia não em qualquer site. O assento rebatível disponibilizado deve situar-se sobre o chão e atrás do encosto dos bancos dianteiros.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima