A Sua Estreia Foi No Teatro

Freddy Rinaldo Antonio Beras-Goico (vinte e um de novembro de 1940 – dezoito de novembro de 2010), mais chamado de Freddy Beras-Goico, foi um advogado dominicano que se destacou como apresentador de tv, produtor, humorista, filantropo e ativista. Reconhecido nos meios de comunicação da República Dominicana por causa de seus grandes contribuições pro humor dominicano por quase cinquenta anos.

Beras-Goico foi autor de muitos programas de televisão que tornaram-se organizações televisivas, sendo “O Gordo da Semana” (1973-2003) seu automóvel-chefe. Foi uma das personalidades mais influentes da comunidade dominicana, denunciando os males sociais de seu país e a criar a tua filantropia por intermédio de auxílios a pessoas carentes.

Angiolina Vitória Goico Morel e Máximo Ramón Beras Vermelhas. Teve quatro irmãos, dos quais se destacaram Octavio Augusto “Tutín” como locutor de rádio e Máximo, como psiquiatra. Em 1956 formou-se bacharel em Filosofia e Letras em San Pedro de Macoris. Pouco tempo depois tua família se estabeleceu em Barranquilla, na Colômbia, por suas diferenças com a ditadura de Rafael Leónidas Trujillo. Por lá passaram incalculáveis anos, até o retorno à tua terra, após o assassinato de Trujillo.

A tua volta, ficou marcado pelos tempos tumultuados vividos na República Dominicana após a ditadura. Estudou Direito na Universidade Autônoma de Santo Domingo e, mais tarde, ele completou seu bacharelado em Direito Internacional. A tua estreia foi no teatro. A partir de 1959, Freddy trabalhou como cinegrafista no recém-inaugurado canal de televisão Rahintel. Um dia, o apresentador do programa Sofra as conseqüências que se transmitia neste canal faltou para realizar com outros compromissos e foi substituído de forma casual por Beras-Goico.

  • Um inhame médio
  • Almoço: Dois copos de suco de limão e pescada cortada em bife variada de vegetais
  • 200 g de morangos
  • um Guerras Sertorianas
  • Jantar: Sopa milagrosa e suco de cenoura com salsa. De sobremesa conseguem ser de 2 bananas ou bananas
  • Mans I need não introduction… 00:Vinte e quatro 13 de janeiro de 2017 (UTC)
  • LizbethHdez12 diz

A começar por então, sua carreira foi em ascensão, revelando seu talento em tal grau em rádio, tv e teatro. Nessa mesma década, montou Coisas de Freddy, um programa de sátiras políticas que imitava os personagens daquela data. Em 1963, passou a fazer cota do programa A hora do moro próximo a Rafael Solano.

Também produziu numerosos programas de rádio de humor e se apresentou em boates fazendo apresentações humorísticas. Nesses anos, conheceu Milton Peláez, Cuquín Vitória e Felipe Polanco, três comediantes que com ele formaram uma escola no humor dominicano. Com esse grupo, realizou um programa de paródias chamado Na imprensa e, logo depois, entrou na rádio com o programa de humor O show de notícias, que se transmitia na Rádio Cristal.

Mais tarde, iniciou um programa próximo com Cecília Garcia e Cuquín Vitória chamado Três por 3. Também por essa data, Freddy conheceu Yaqui Núñez do Risco, que se tornou tua outra metade do serviço por inúmeros anos. Com o conduziu os programas da gente às 8 e o tempo depois da Noite.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima