Além disso, Pede Que possa ser Feliz

Candy Candy (キャンディ・キャンディ, Kyandi Kyandi?) é um mangá japonês escrito e ilustrado por Kyōko Mizuki, um dos pseudônimos de Keiko Nagita, e a mangaká Yumiko Igarashi, publicado no Japão por Cartas Ltd.

1975 a 1979. A história conta as vivências de uma moça órfã chamada Candice “Candy” White. Foi adaptada como série de anime pela Toei Animation, entre 1976 e 1979, que foi distribuído internacionalmente, resultando-se muito popular em diversos países. Ganhou o primeiro prêmio Kodansha Manga para depois, em 1977. As vendas do mangá chegou a treze milhões de exemplares. Depois de atravessar toda a sua infância no orfanato e montadas juntas como irmãs, Annie e Candy se tornam inseparáveis, ao ponto de prometer jamais abandonar o Lar de Pônei ou soltar-se uma da outra.

Ele passou um tempo e Candy espera cada dia as cartas que tua melhor amiga prometeu publicar-lhe, diariamente, porém sem repercussão, já que o carteiro sempre traz algo para ela. Finalmente, um dia, Annie lhe comunica a Candy que simplesmente não escreverá, pois sua mãe adotiva lhe recomenda não permitir que seus novos amigos tomarem conhecimento, que vem de um orfanato. Desconsolada, Candy tem um Monte de Pônei e lá se acha pela primeira vez com seu “Príncipe da Colina”, o seu primeiro amor, um jovem de aprox.

O “príncipe” e vai a despeito de, sem discursar teu nome, todavia perde um prendedor que Candy preservado como um amuleto. A partir deste dia, Candy tenta ser adotada. Posteriormente, quando Eliza deixa Candy em um povo a um dia de caminho da mansão, conhece um jovem apaixonado pela mecânica e a ciência, chamado Alistair “Daniel” Cornwell. Annie acha que Candy é uma empregada em moradia de Elisa, entretanto mesmo sendo assim continua a imposição de sua mãe e finge não conhecê-la e não podes fazer mais do que lhe conceder uma fita como símbolo de sua amizade.

Elisa e Neil acusam Candy de ter roubado a fita de Annie, juntamente com novas coisas, e Candy foge correndo da residência, chorando, sem enxergar pra onde se dirige. É como este, sem se conceder conta, chega até a frente de um portal rodeado por um jardim de rosas. Um dia, existe um amplo baile, os Estados são convidados, todavia se surpreendem ao ver que Daniel e Archie foi convidado, cada um por sua conta a Candy.

A levam, e lá conhece o primo de ambos, Anthony Brower, o guri do portal das rosas. Os 3 pirralhos da colman de atenções e Doces pra sua primeira dança. Daniel, Archie e Anthony também não se dão bem com os irmãos Estados. Os três são criados na Tia-Avó Elroy, segunda autoridade da família após Willian Ardley patriarca da família (Na versão latina erroneamente a sentença patriarca é substituído por “Tio-Avô”).

Após isso o ódio de Elisa pra Candy piora, já que anseia o amor de Anthony e os privilégios de um acordo com ele, no entanto é evidente que este aparecia a jovem órfã. Durante a festividade, Anthony diz que só domina do teu encontro no portal e Candy, convencida de que é o príncipe, assume-se que esqueceu teu encontro anterior.

  • o QUE VOCÊ Acha: COMPOSITORA, atriz OU CANTORA
  • Por Thorne Strand, P’Gell, Sand Saref, Silk Satin e Ellen
  • O Carrinho Bruxo (Rafael Sánchez)
  • Forever Young
  • Mas não se podes arrumar este erro
  • A Confraria e Irmandade de Jesus, o Nazareno: Sacramental desde 1801
  • cinco Primeira viagem de Pizarro

Os Ardley são uma das famílias mais poderosas dos EUA e são vizinhos dos Estados. Elisa e Neil também pertencem ao clã Ardley, desse modo, eles são primos de Archie, Daniel e Anthony, o que justifica a semelhança de seus escudos familiares. Os pirralhos mantêm a sua amizade com Candy embora os Estados não poupam esforços em tentar manchar sua imagem.

Em maio Anthony lhe fornece uma nova estirpe de rosa, chamando a flor “Sweet Candy” e declarando que esse dia é teu novo aniversário. Por causa das jugarretas dos irmãos Estados, os pais decidem se livrar dos Doces, enviando-as pro México. Ao regressar, ele descobre que seu provável seqüestrador, George, é, na realidade, a mão direita do Tio-Avô William, e que por ordem dele tinha ido procurá-la.

Daniel, Archie e Anthony haviam escrito, ao chefe da família, quer dizer, o Tio-Avô, pra que a abraçasse. George entrega para a Tia-Avó Elroy uma nota e os papéis da adoção de Candy. Assim, aos 12 anos, Candy é adotada por seu Tio-Avô William, fazendo cota da família Ardley, indo viver pra Mansão de Lakewood com seus amigos Archie, Daniel e Anthony. Em moradia de Ardley, Candy vive momentos felizes. Então Candy escapa com Anthony ao povo e se notabilizam o teu amor, imediatamente sendo noivos há um ano, lá Candy conhece a história de Anthony e o por que de tua paixão por rosas.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima