As Principais Causas Do Abandono Animal Em Portugal

“Mãe, eu quero um Pomerânia”, pediu Javi a sua mãe. tu não dizias que não gostava de cães pequenos? “respondeu ela,” o Cuqui, o cão de Francisca, a vizinha da avó? Se dava muito medo, ele grunhia, o llamabas chucho raivoso. Cuqui era um Pomerânia”, adicionou. “Não é o mesmo”, respondeu ele, “Neymar, o jogador do Real Madrid, tem um Pomerânia, é chamado Bubu e o cão mais famoso do Facebook, Boo, é um outro…”, prosseguiu. “Não haverá nenhum Pomerânia, Javier, nem ao menos pomeranias, nem ao menos pomeranios. Quítatelo de cabeça”, cortou tua mãe de raiz.

Ao mesmo tempo, em um território não muito afastado de tuas casas, a poucos quilômetros de distância, Tula, de 6 anos, cabelo castanho e 5 filhotes é abandonada a tua sorte junto de tua recente ninhada. Ao idêntico que ocorre com Javi este é o pão de cada dia de muitas famílias. Crianças que pedem um cachorro pra Natal, que querem ter o animal de estimação de seus jogadores de futebol favoritos.

Meninas que desejam o chihuahua da Barbie ou o cachorro mais esbelto de redes… Filhos que pedem e os pais, que ao inverso da mãe de Javi, consentem. Quanto aos cães, diversos espanhóis não conhecem a vida das residências caninas ou pensam que são demasiado caras. E isso levá-los a uma protetora de animais implica conceder diversas explicações.

A solução é muito mais acessível: você entra no automóvel, leva longínquo, desce do automóvel e correr. Tão simples quanto macabro. E dessa maneira passa, centenas de cães passeiam intrigados pelas estradas de nosso país a cada ano. Exaustos. Seguindo a linha de asfalto que foram seus proprietários. Os mesmos que os abandonaram. Porque, claro, visualizar pelo retrovisor a nossa mascote, correndo atrás do nosso veículo, em que, provavelmente, será a última corrida de tua vida, pra nós, é muito simples de esquecer. Em 2016, foram recolhidos mais de 137.000 animais, dos quais 33.335 correspondem gatos e 104.447 com cães. Como são os animais recolhidos pela rodovia?

  • Trepador-plena amplo, Philydor rufus
  • Espuma (Spumoni) amiga de Coco Calypso
  • Baixo – Nathan East, Leland Sklar
  • Requer de teu tempo
  • 2 Top 10:2.Um 1. Cão de Gado Australiano ou Boiadeiro Australiano
  • sessenta e três – Velho pastor inglês
  • = Bedlington terrier
  • O espaço tem espaço para o cavalo em miniatura

Muito poucos os animais que estão pela rua, estão identificados. No caso dos cães somam 30%, no tempo em que que os gatos não ultrapassam os 2%. Ao inverso do que se pensa, a maioria dos animais que são abandonados são saudáveis. Apenas 32% corresponde doentes ou feridos, efeito várias vezes da mesma abandono.

“Quando o deixam lá, a sua própria sobrevivência, o animal pode sofrer de tudo. Atropelos, pessoas que tentam maltratar, que se envenenen… De tudo”, diz Paloma. Além disso, por esquisito que pareça, aumentaram os números de cães de puro-sangue que são deixados a seu livre arbítrio (19%). “Ultimamente estão deixando também animais comprados, com pedigree.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima