“Chamaeleo Jacksonii”. Reptile Database (em Inglês)

O trioceros de Jackson (Trioceros jacksonii) é uma espécie de camaleão com 3 chifres, nativo da África Oriental. O camaleão de Jackson foi retratado pela primeira vez pelo zoólogo belga-britânico George Albert Boulenger, em 1896. Seu nome genérico (trioceros) é derivado do grego τρί (tri), que significa “3” e κέρας (Keras) que significa “chifres”.

Ou melhor uma referência para os três chifres que estão em sua cabeça. O nome específico é uma forma latinizada do explorador Inglês e o teu nome, o ornitólogo John Frederick Jackson, que atuava como o primeiro governador do Quênia naquela época. A frase camaleão (em inglês (bem como chamaeleon) deriva de Chamaeleo América, um empréstimo a considere usar grego antigo (khamailéōn), um composto de χαμαί (Khamai) “sobre o terreno” e λέων (Leão) “leão”.

A expressão grega é uma cópia semântico ao traduzir do acádio nēš qaqqari, “leão da terra”. Os camaleões de Jackson são nativos das regiões úmidas, frias do Quênia e Tanzânia, África do Leste, e são encontrados em extenso número em altitudes de mais de 3000 m. A subespécie T.-j.

Monte Meru e a Região de Arusha, Tanzânia. A subespécie T.-j. Havaí na década de 1970 e de imediato estabeleceu que as populações em todas as ilhas principais. Esta população foi a principal referência de camaleões de Jackson para o comércio de animais exóticos. A maioria dos camaleões são ovíparos, o camaleão fêmea de Jackson dá à luminosidade crias vivas, ocasionando-se ovovivíparos; de oito a 30 adolescentes vivos nascem depois de uma gestação de 5 a seis meses.

  1. Boston Terrier
  2. pra ter um cabelo tão especial a lavagem necessita ser a seco e com produtos adequados
  3. o Que é essencial para a saúde do meu gato
  4. Hotel Iberia Plaza Mayor, Cáceres

A subespécie T.-j. Seu tamanho adulto é de 30 cm de comprimento total. Têm uma crista em forma de dentes de serra, e sem crista Gullar. Alcançam a mladurez sexual aos 5 meses. A expectativa de vida é oscilante, sendo os machos normalmente vivem mais tempo do que as fêmeas. Os camaleões de Jackson, que se alimentam principalmente de pequenos insetos.

São menos territoriais que a maioria das algumas espécies de camaleões. Os machos geralmente esclarecem o seu domínio a respeito de outros machos a partir da amostra de cores e posições, em uma tentativa de garantir os direitos de reprodução, todavia, normalmente, não até o ponto de competições físicas.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima