Inventor Do México (2

Chegando ao continente, Cortez realizou uma bem sucedida estratégia de aliar-se com instituídos grupos indígenas para derrotar os outros. Também usou uma mulher nativa, dona Marina (a Malinche), que lhe serviu de intérprete e com quem teve um filho. Quando o governador de Cuba enviou emissários para caçar Cortês, esse os enfrentou e derrotou-os, ao tempo em que entrou para a tropa que ia prender-lhe como reforços para a tua emissão.

Cortés enviou numerosas cartas ao rei Carlos I, a término de que fosse reconhecido o teu sucesso, de conquista, em vez de ser penalizado por sua amotinamento. Finalmente, foi-lhe concedido o título de marquês do Vale de Oaxaca, se bem que o mais prestigioso título de vice-rei foi dado a um general de alta patente, Antonio de Mendoza. Em 1541, Cortês, retornou a Portugal, onde faleceu seis anos depois, arrastando sua angústia.

4.6 Guerra e posterior aliança com Tlaxcala. Foi o único filho de um fidalgo espanhol, chamado Martín Cortés e de tua esposa Catarina Pizarro e Cumpriu. Hernán Cortés era parente longe de Francisco Pizarro, que, logo depois, conquistou o Império inca. Como outros fidalgos, teu pai o enviou, aos catorze anos, para preparar-se correto em Salamanca, cidade que abandonou 2 anos mais tarde, movido por seu vontade de aventura.

  1. Imenso Amor (Armando Zabaleta)
  2. Pedro cuida do teu as entusiasma e ele contagia a Luis de Varicela
  3. Esta noite deixe-me fazer todo o trabalho. Vamos fazer coisas tão lentas que você vai gritar
  4. dois Marvel Cinematic Universe 6.2.2.1 Iron Man
  5. 4 Música e coreografia

Estes estudos preparatórios e os conhecimentos práticos da lei que originou na aprendizagem com um escrivão em Campinas deram pé ao mito de que Cortés cursou justo na Universidade de Salamanca. Hernán Cortés, casou-se duas vezes e teve 11 filhos documentados em 6 relações diferentes. Sua primeira esposa, d. Catarina, Suárez Marcaida, morreu após cinco anos de casamento estéril, 1 de novembro de 1522, perante circunstâncias misteriosas. Catarina Pizarro, nascida em 1514 ou 1515, em Santiago de Cuba, ou talvez mais tarde na Nova Espanha. Sua mãe foi Leonor Pizarro, por ventura parente de Cortés.

Martín Cortés Malintzin, nascido em Coyoacán, em 1522. Sua mãe foi a Malinche, a companheira e tradutora indígena de Cortés. Luis Cortés, nascido em 1525, filho da espanhola Antonia ou Elvira Hermosillo, e que também será legitimado perto com Martim e Catarina. Casou-Se com Guiomar Gomes de Escobar, sobrinha do conquistador Bernardino Vázquez de Tapia.

Leonor Cortez e Montezuma, nascida em 1528, pela Cidade do México. Era filha de Tecuichpo ou Ichcaxóchitl, que fora batizada com o nome de dona Isabel de Moctezuma, por sua vez, filha de Moctezuma II Xocoyotzin. Rejeitada por tua mãe desde o nascimento, foi teu pai quem a reconheceu posteriormente.

Se casou com o vasco João de Tolosa, conquistador de Zacatecas. Maria Cortês, filha de uma princesa asteca, cujo nome se ignora. Bernal Díaz del Castillo, menciona que nasceu com alguma deformação. Cortês, contrai segundas núpcias com Joana Ramírez de Arellano e Zúñiga, filha do conde de Aguilar e sobrinha-neta materna do duque de Béjar.

Luis Cortés e Ramírez de Arellano, nascido em Texcoco, em 1530, e faleceu pouco após nascer. Catarina Cortez de um dos Artigos, nascida em Cuernavaca, morelos, méxico, em 1531, morreu insuficiente depois de nascer. Martín Cortés e Ramírez de Arellano, nascido em Lisboa em 1532. Sucessor de seu pai, II marquês do Vale de Oaxaca. Catarina Cortez de um dos Artigos, nascida em Cuernavaca entre 1533 e 1536. Falecida solteira em Sevilha, depois da morte de teu pai. Joana Cortez de um dos Artigos, nascida em Cuernavaca entre 1533 e 1536. Casou-Se em 1564, com Fernando Henriques de Ribera, II duque de Alcalá.

Chegou a ser nomeado prefeito de Santiago de Cuba, contudo foi depois preso pelo governador, acusado de conspirar contra você. Libertado, ele se casou com a cunhada do próprio Diego Velázquez, de nome Catarina Juarez. No término de 1518 Velázquez confiou-lhe o comando da terceira expedição, após as de Francisco Hernández de Córdoba e Juan de Grijalva, para prosseguir tuas descobertas pela costa de Yucatán. Mas Velázquez logo desconfiou dele. Que é de Medellín de Extremadura, capitão-de-amplo.

Mais temo, Diego, não se erga com a marinha, que o julgo, por muito grande homem em tuas coisas”. Hernán Cortés continuava, mas, com os preparativos da expedição e logo conseguiu recrutar mais de 600 homens para a sua causa. Finalmente, em 10 de fevereiro de 1519, a frota deixou as costas de Cuba. Era aquela armada em 11 navios, com 518 infantes, 16 cavaleiros, 13 arcabuzeiros, 32 ballesteros, 110 marinheiros e cerca de 200 índios e negros como auxiliares de tropa. Levavam 32 cavalos, 10 canhões de bronze e quatro falconetes.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima