“Is Matrix Gla Protein Associated With Vascular Calcification?

A vitamina K é uma vitamina solúvel em gordura que é conhecida principalmente por tua função pela coagulação sangüínea. Foi descoberta em 1935, pelo dinamarquês Henrik Dam que a nomeou K por a palavra dinamarquesa pra coagulação, de: koagulation. Naturalmente, se expõe em duas maneiras: a vitamina K1 (filoquinona), em vegetais de folhas verdes e vitamina K2 (menaquinonas) em derivados de carnes e alimentos fermentados, como o queijo ou natto.

A vitamina K é necessária estima-se que, pra ativação de proteínas que são necessárias pra uma série de processos biológicos, sendo os mais populares os fatores de coagulação no fígado, trombina e o fator X, entre outros. A vitamina K teria um efeito protetor contra o câncer de fígado, a leucemia, o câncer de pulmão, de cólon, oral, de mama e bexiga.

  • Nível 6: Vastos conhecimentos profundos
  • Não use cortadores de unha ou tesoura feitos pra humanos. Estes partirão as unhas do gato
  • 9 falsos mitos a respeito da esterilização dos cães
  • Fregata magnífica, Fregata magnificens
  • dois Conquista espanhola
  • The Insider Secrets for Hello World

Em 1929, um cientista dinamarquês chamado Henrik Dam investigou o papel do colesterol alimentar galinhas com uma dieta deficiente de colesterol. Depois de muitas semanas, os animais construíram hemorragia e iniciaram sangramento. Esses defeitos não puderam ser resolvidos com a contratação de colesterol purificado pra dieta. Aparentemente, juntamente com o colesterol, um segundo componente havia sido extraído do alimento e esse componente foi denominado como “vitamina da coagulação”. A nova vitamina recebeu o nome de Vitamina K, devido a que a descoberta inicial foi publicado numa revista alemã, na qual foi designada como a vitamina da coagulação (koagulation, em alemão).

Todos os membros do grupo da vitamina K compartilham um anel metilado naftoquinona na sua suporte, e varia em uma cadeia lateral alifática unida pela terceira localização. A filoquinona (assim como conhecida como vitamina K1), invariavelmente contém em sua cadeia lateral quatro resíduos isopreno, um dos quais é insaturado.

As menaquinonas possuem uma cadeia lateral composta de um número versátil de resíduos isopreno insaturados, normalmente designados como MK-n, onde a letra n aponta o número de isopreno. Metabolismo ósseo: osteocalcina, bem como chamada de proteína Gla óssea (BGP sigla em inglês), e proteína gla da matriz(MGP). Os resíduos Gla são respeitáveis para a atividade biológica de todas as proteínas e minerais conhecidas como proteínas Gla.

A vitamina K está envolvida por intermédio da carboxilação de certos resíduos principal atividade de proteínas que formam resíduos gama-carboxiglutamatos (abreviado como Gla-resíduos). Estes resíduos modificados situam-se dentro dos domínios específicos da proteína chamados os domínios de Gla. Os resíduos Gla normalmente estão envolvidos pela ligação do cálcio.

O equipamento pelo qual a vitamina K torna Glu em Gla, foi esclarecido há mais de trinta anos em laboratórios acadêmicos por meio do universo. Dentro da célula, A Vitamina K experimenta uma redução de elétron para uma maneira da vitamina K reduzida (chamada de vitamina K, hidroquinona) na enzima cola epoxy-redutase. K. A reação de carboxilación só procede se a enzima carboxilasa está disponível pra oxidar a vitamina K, hidroquinona a vitamina K cola epoxy ao mesmo tempo; as reações de carboxilación e epoxidação são chamadas de reações acopladas.

O cola epoxy de vitamina K é portanto convertido a vitamina K a vitamina K cola epoxy redutase. Uma das razões pelas quais é improvavelmente deficiente pela dieta humana é pelo motivo de a vitamina é continuamente reciclada em nossas células. Varfarina e outros remédios cumadinas bloqueiam a ação da cola epoxy redutase.

Isto resulta em perda nas concentrações de vitamina K e hidroquinona nos tecidos, e bem como as reações de carboxilación realizadas pela Glutamil Carboxilasa são ineficientes. Isso leva a produção de fatores de coagulação com uma redução parcial ou total de resíduos Gla. As proteínas Gla são conhecidas que existem em uma extenso variedade de vertebrados: mamíferos, aves, répteis e peixes. O veneno de um número de cobras australianas ativam o sistema de coagulação sanguínea no corpo. Outra categoria de invertebrados relevantes que contenham proteína Gla é o peixe caracol caçador Conus Geographus.

Este caracol produz um veneno que contém centenas de peptídeos neuroactivos ou conotoxinas, o que é bastante tóxico pra matar um humano adulto. Várias dessas conotoxinas contendo de 2 a cinco resíduos Gla. A Vitamina K1 (filoquinona). Nesta bactéria, a menaquinona transfere dois elétrons entre duas diferentes moléculas pequenas, em um processo chamado de respiração anaeróbica.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima