Maria Félix, cem Anos De “uma Mulher Com Coração De Homem”

Definem os americanos é um género cinematográfico como “superior que a vida” (bigger than life). Alguns singulares protagonistas são capazes de forjar por isso a sua biografia. Um deles, sem dúvida, é Maria Félix, a belíssima atriz mexicana, de cujo nascimento se cumprem cem anos de 8 de abril (e 12 de sua morte, na mesma data).

A começar por 1942, rolou 42 videos: no México, com o Índio Fernández, “Apaixonada”, “Rio escondido” e “Maclovia”; ao lado de Jorge Negrete, Pedro Armendariz, Pedro Infante e Dores do Rio (“A barata”). Em Portugal, com Sáenz de Heredia e Bardem (a Menina Chole as “Sonatas” de Valle Inclán). Na França, com Jean Renoir (“French Can-Can”).

casou-Se 4 vezes; teve mais amores Para diversos deslumbrado com tua beleza. Escreveu Jean Cocteau: “É tão intensa a tua beldade que dói”. “. Recusou-Se a trabalhar em Hollywood, pra não fazer os papéis da índia, que lhe ofereciam: “As índias eu faço isto no meu estado. No exterior, só incorporo às rainhas”.

Se casou muito jovem, com Enrique Álvarez. Ele era muito ciumento: entravam no cinema, no momento em que neste momento havia começado a projeção, para que ninguém a visse; não queria deslocar-se com ela pros touros. Com ele teve teu filho Enrique Álvarez Félix, o que adorou, até sua morte, em 1996. Quando o casal se separou, o pai raptou a guria. De jovencilla, alegou a seus colegas: “Um dia eu irei casar com esse senhor que canta tão esbelto”.

E no momento em que o conheceu: “Eu irei ocupar esta noite”. Ele imediatamente tinha mais de quarenta e oito anos de idade, sua família se havia arruinado a Revolução, trabalhou como pianista num bordel: de lá tirou uma cicatriz no rosto, por um botellazo. Tornou-se popular no rádio: “eu Sou casado com um microfone”. Se apaixonou loucamente de Maria.

Como presente de casamento, ele escreveu “Maria Bonita”: “Lembra-te de Acapulco, / naquelas noites, / Maria Bonita, Maria da alma”. Seu casamento com Agustín Lara foi um clamor popular. Ela defendia tua seleção: “Toda a gente o rua horroroso. Mas, pela intimidade, ganhava a cada um”. O casamento durou apenas um par de anos. Muitos cantores seguiram cantando o bolero. Em teu primeiro filme, “O rochedo de finados”, havia popular Jorge Negrete, o enorme mito viril mexicano.

  • A foto de perfil
  • Um dia desses me extrañarás
  • vinte e um Os Antílopes
  • Não te prometo ser o mais legal, contudo se empenhar para ser o seu amor merece
  • Oi Alba/Saskia: O Que aconsejarías uma pessoa pra poder ultrapassar a aflição
  • dois rosas vermelhas

o primeiro encontro foi desastroso: “Eu não aspiro trabalhar no cinema e menos se há nele tipos tão majaderos como você”. Mas ele estava perturbado por ela. Casaram-Se em 1952, no entanto ele morreu um ano depois. Em 1956, casou-se de novo com Alex Berger, que lhe proporcionou sensatez e uma amplo posição econômica.

Viveram juntos, pela França e no México, durante 18 anos, até que ele morreu. Foi o casamento mais duradouro. Desde 1981, foi companheiro do jovem artista Antoine Tzapuff, que pintava cena indígenas. Mas houve mais homens na sua existência. A título de exemplo, o ator argentino Carlos Thompson, que chegou a divulgar o teu casamento, antes de quebrar o pacto. Ou o multimilionário Jorge Pasqual, que lhe enviava aviões carregados de flores (ela pedia-lhe que mudasse seus presentes por sacos de arroz e milho, para distribuí-los aos índios).

Uma vez que Maria perdeu a tua bagagem, em Nova Iorque, ele fez com que abrissem para ela, os armazéns Sak’s. Sua relação com Luis Miguel Dominguín eu resumido pela minha linha do tempo do toureiro. Em 1951, a imprensa internacional, os encontrou na porta de um hotel de Paris; ele usava uma espetacular camada espanhola.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima