Municípios De Madrid

Escudo partido. Primeiro, em campo de gules, uma cruz latina, de ouro, carregada de uma panela, de gules, acrescida de chamas da mesma cor e realçada de uma coroa de espinhos de sinopla. Segundo, em campo de sinopla, semeado de aviões de prata. Timbrado com a Coroa Real de Portugal.

Ver postagem principal: Brasão de são Carlos e a Bandeira de são Carlos. Janela mudéjar do século XIV, a Catedral de são Carlos. Na Idade Média, no atual município de são Carlos conviviam muitas aldeias, e uma das mais significativas era Alarnes, situada muito perto do atual centro da cidade. Em 1326, os moradores dessas aldeias se uniram em um vilarejo situado ao longo do caminho real que ligava Lisboa com Toledo.

este novo povo se chamou Xatafi. Este nome vem da frase árabe monte jata, que significa “qualquer coisa grande”. Daí se inferir que Xatafi se referia à longa rodovia principal da aldeia, que não era outro que o rumo real. Portanto, Xetafe significa “via larga”. A partir daí, o nome evoluiu passando por Xetafi, Jetafee, Jetaphe, Jetafe e, enfim, são Carlos. Gravura de são Carlos do século XIX.

A história de são Carlos podes ser dividido em 3 fases obviamente marcadas. Na primeira etapa, que vai desde a Pré-história até 1326, diferentes civilizações e aldeias que habitavam o território do município, ainda são Carlos não existia como povo. Na segunda, que começa no século XIV, e só no século XX, são Carlos se gerava como povo e se desenvolvendo lentamente, com inúmeras construções. Ruínas da villa romana de Torre. A presença humana em são Carlos remonta ao Paleolítico Inferior (antes de 100.000 a.

são paulo, onde foram encontradas várias ferramentas de pedra, vasos e pulseiras. Do século II ao III d. C. se deu a chegada dos romanos, o termo municipal, montando a villa romana Da Torre, situada nas margens do rio Manzanares. Os visigodos (s. VI – VII) deixaram a sua marca com uma necrópole próxima Da Torre.

  • você Deixar a sua noiva no altar, por que em 2 minutos você tem uma posição muito essencial
  • Mãe, mãe, em sala de aula me chamar de veado
  • Jardim de Infância Xerinola
  • 9993Entrega 24/48 H
  • Saúde e Higiene para cachorros

No século VIII, a área onde hoje se encontra são Carlos foi invadida pelos muçulmanos e, em 1085, Afonso VI de leão conquistou as aldeias desse modo situadas no atual município. Em 1326, os habitantes de Alarnes e de novas aldeias se mudaram pro local do caminho real Madrid-Toledo, construindo-se uma concentração de casas e nascendo deste jeito o Getafe.

Para estruturar o novo público, desse mesmo século, foi desenvolvida a primitiva capela da Madalena, que mais tarde seria desaparecida. Outras referências, com apoio em documentos históricos, situam a fundação de são Carlos na época muçulmana, ou melhor, entre os séculos VIII e XII. Mapa de são Carlos, no século XVII. Em 1492, a fome e a peste devastou são Carlos e em 1529, foi criado o Hospitalillo de São José. Grande Teatro de são Carlos (finais do Século XIX).

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima