Negócios No Século XXI

A expressão “economia digital” tem hoje um apelo inegável. Empresários, analistas de marketing e apaixonados dos negócios e a tecnologia da repetem insistentemente com uma mistura de entusiasmo e fanatismo. Contudo, é fundamental ressaltar que a economia digital não é uma mera soma de negócios e de alta tecnologia, contudo que envolve uma verdadeira modificação de paradigma. Uma porção importante desta alteração diz respeito diretamente à visibilidade de marcas e corporações que, no meio de uma incessante circulação de informação e conhecimento, pugnan para não naufragar em um oceano de fatos variáveis.

No universo online, a competição para ganhar as mentes e os corações dos “hiper-informados” freguêses do século XXI tem uma série de regras não escritas de que é necessário anotar. Dito de forma diferente: agora ninguém discute a necessidade de ser “perceptível” pela internet. O desafio é que essa visibilidade se traduza em resultados. O usuário da web está periodicamente confrontado com dados e estímulos de todos os tipos: desde anúncios em janelas pop-up ao tema de entretenimento que compartilham seus contactos.

por esse contexto, cabe perguntar como exercem as organizações para gerar e aguentar uma ligação harmoniosa e capaz com seus clientes. A resposta não é simples, no entanto há, pelo menos, quatro pontos de partida que nenhum homem de negócios deve descartar. Em todos e qualquer um: as estratégias internet corporativas já não se limitam a ter o “website oficial”.

Estar “a amplo conversação”: a acréscimo de uma marca nas mídias sociais não precisa limitar-se a manifestar “estou nesse lugar”. Há ainda especialistas de marketing que dizem que essa pode ser uma estratégia contraproducente: o “real” não nos são um pouco chatas as pessoas que falam o tempo todo de si mesmas?

Pois bem, pela existência virtual dos compradores valorizam mais as marcas que têm uma mensagem mais divertido que o “retuiteo” constante de tuas promoções. Coerência e adaptação: você poderá estar em todos os lugares e, ao mesmo tempo, em nenhuma. Em termos de eficácia comunicacional na internet, esta frase aponta um erro bastante comum: produzir um mesmo conteúdo e replicá-lo de modo idêntica por todo tipo de sites. Na realidade, a mensagem podes ser o mesmo, contudo há que obedecer as características de cada ferramenta. Até mesmo as duas redes sociais mais populares do momento -Facebook e Twitter – têm características totalmente diferentes, e os usuários são tratados de modo muito contrário em cada uma delas.

o Que dizem de mim: as empresas de hoje não podem rejeitar o que se bate papo sobre elas. Desde a massificação da Internet que motorizaron as mídias sociais, centenas de milhões de usuários opinam na internet sobre isto os serviços e produtos que usam ou usariam. As novas formas de socialização exercem com que os consumidores -em tal grau quanto as “curtidas” ou os “retweets”- têm um amplo poder de viralização. Desde esse ponto de vista, uma certa presença online significa interpretar a avaliação dos compradores pra ratificar ou corrigir as estratégias de marketing próprias.

  1. Docência pra educação média superior
  2. Uma relação de ferramentas úteis
  3. Alberto Fujimori: 49 %
  4. o Que fórmulas estão sondando para a reinvenção do setor

Os 4 itens descritos nesse lugar são apenas um guia para assimilar até que ponto a economia digital é bem mais do que uma situação tecnológica. Em rigor, os homens e mulheres de negócio nesse século devem compreender que a transformação é a respeito todo conceitual. A velocidade da dado e o novo papel dos clientes são variáveis que não podemos negligenciar.

caso oposto, nos perderemos a sutil, entretanto vital diferença entre estar on-line e ser verdadeiramente explícito pra milhões de compradores. Alex Konanykhin é empresário, autor de livros e especialista em negócios, CEO e fundador da empresa de elaboração multimídia KMGi. A tua organização é desenvolvedora de TransparentBusiness . A ferramenta permite gerenciar e supervisionar grupos de profissionais distribuídos ao redor de todo o planeta por intervenção de uma interface web, promovendo o teletrabalho e permitindo a gestão de projetos coordenados e eficientes através da Internet.

Outro modelo: você tem duas publicações no Facebook. Você ganha cem cliques de hiperlink de um e de 200 por meio do outro. Parece que o segundo post é melhor. Agora você vê que o primeiro artigo foi feita quase duas vezes mais do que o segundo. Agora você tem qualquer coisa com que trabalhar. Por que funcionou melhor? Podemos ampliar a publicação a uma audiência mais ampla e acompanhar a obtenção de melhores taxas de conversão?

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima