Quem São Girafa Rei E Lapili?

A cantora irá mostrar ao vivo o teu álbum ‘Loveaholic’, um serviço que foi impregnado da energia de uma cantora que ama seu ofício. Puro poder, Ruth Lorenzo quer ser livre e sê-lo a toda a hora. Livre pra cantar, para continuar deixando que a música use-a para regressar a todos. A “nova Ruth Lorenzo” é exposto no Novo Teatro Apolo de Madrid (quinta-feira 13 de junho) com um show eclético e rico em sucessos. Do X-Factor britânico para retratar Portugal no festival Eurovisão da canção e de lá, pra reinvenção de seu último disco, Loveaholic, a cantora continua a conceder tudo.

Murciana de nascimento e coração, aos 9 anos de idade, tua família mudou-se para os EUA. Foi finalista no The X Factor UK em 2008. Com Dancing In The Rain conseguiu o nono ambiente no festival Eurovisão da canção, em 2014, a incrível localização para a Espanha nos onze anos anteriores. Tem 2 álbuns: Planeta azul e Loveaholic.

  • Dois – Esta poesia curta de Pablo Neruda vai direta ao coração
  • 2015: Seguem as lesões e queda no ranking[editar]
  • 1986: Ar eu sou
  • 1 Jennifer Knight

Diz o anúncio do show que apresenta “uma nova Ruth Lorenzo”. O que tem essa nova Ruth? Quando uma se renova simplesmente é mais livre do que nunca. E é deste jeito que eu venho, mais eu do que nunca. O que se nota essa independência? Sobretudo na maneira de sair do palco, sem ter preconceitos nem ao menos pesares de nenhuma forma. Não tendo medo de falar-se como você é. Este último disco tem muito da minha essência e passa por fases que têm que observar com meus estilos musicais.

eu Não adoro de nada que me coloquem rótulos e que digam “Ruth canta isto”. Sempre amei diferentes estilos de música e reuni-los como é a minha voz, e o meu estilo ao cantar. É um disco eclético e com muita personalidade. Quando fala de levá-lo ao assunto diz-se à tua imagem, ou a alguma coisa mais profundo? Depois de tantas vezes, Sim, é claro. É tão fantástica que não poderia defini-lo com uma frase. O palco tem uma coisa que para um artista que o respeita em tão alto grau como em meu caso, fica muito nervosa antes e te deixa muito vago, depois, todavia o durante é a plenitude absoluta.

o Que se sente quando canta, que empurra a fazê-lo? A conexão, elaborar um momento que não existia há um segundo. Gera emoções e essas emoções surgem em um período e este instante se torna notável. Há empatia com o público, mesmo que só lhe cantes a alguém. Será que essa pessoa alguma vez Ruth Lorenzo? Sim, muito, canto sozinha muito. E não só por ensaiar, entretanto por alegria. O tema do afeto está muito presente no disco. Você é o vasto sentimento que o move tudo?

O carinho move o universo. É uma emoção tão robusto que produz energia e graças ao afeto se muda uma existência, ou se entrega. Pelo oposto, estão bem como emoções como o ódio, que são capazes de destinar-se de mãos dadas. Mas eu a toda a hora sou em prol de criar e não demolir. O amor quando gera sentimentos contrários à independência, a empatia, a sabedoria e o livre-arbítrio.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima