Teoria Da Utilização Progressiva

A Teoria da Utilização Progressiva, assim como conhecida como PROUT, é uma coleção de idéias sócio-econômicas e políticas propostas pelo filósofo e líder espiritual indiano Prabhat Ranjan Sarkar. Segundo Sarkar, baseado na sua visão holística da vida, montou um sistema de governo optativo ao pensamento capitalista e o socialista marxista, propondo uma economia progressiva e desenvolvimento social.

Sarkar descreve o PROUT como um quadro fundamentalmente político baseado em valores neohumanistas que têm como intuito fornecer o cuidado adequado” pra cada ser do planeta, seja ela humana, vegetal ou animal. Sarkar introduziu PROUT, em 1959. Em 1961, formalmente esboçou PROUT em teu livro, Ananda Sutram. No decorrer do resto de sua vida, amplificou continuamente o foco.

nesse sistema o dinheiro imediatamente não está no comando, como também não o são os economistas. A meta não é o “progresso econômico” e da acumulação de riqueza, mas o fundado avanço humano e que satisfaça as necessidades básicas, e o desenvolvimento espiritual ilimitado que supere isso. O neohumanismo é o humanismo do passado, o humanismo do presente e o humanismo – recém-explicado – do futuro.

  • desejaria de estar com a sua família
  • Secretário-Geral das Nações Unidas
  • Desenvolve e entende o copywriting
  • 14 lições que aprendi com o esporte e que me fazem ser uma pessoa melhor
  • nove Obra escrita
  • Capítulo 2×072 (296) – “O Importante Não É Ganhar, Mas sim Esmagar”

Explicar a humanidade e o humanismo ante uma nova claridade amplificar o caminho do progresso humano e facilita o andar. O neohumanismo dará nova inspiração e irá fornecer uma nova visão para a idéia mesma da vivência humana. O comunismo e o capitalismo são, principlamente, filosofias materialistas. Ambos promovem uma psicologia do apego equipamento, que, por sua vez, fomenta a procura do dinheiro, o nome, a fama, etc., As pessoas que vivem perante cada um destes 2 sistemas desenvolvem a estrutura psíquica que vai atrás as fisicalidades brutas.

A menos que tenhamos uma mudança estrutural mais profunda-o que nos referimos como transformações nos sistemas econômicos -, nunca seremos capazes de solucionar problemas globais e sistêmicos como as crises ambientais e de diferença. Em consequência, cada pessoa determinada pode ser um trabalhador, um guerreiro, um intelectual ou de alguém de mentalidade aquisitiva.

Os trabalhadores são aqueles que apreciam os frutos de teu serviço físico e buscam segurança e conforto em seu âmbito privado. Os guerreiros são aqueles que procuram a sensação de defrontar o lugar com a sua destreza física. Em geral, poderá ser localizado em o exército, a polícia, trabalhos de resgate, etc., Os intelectuais têm construído comparativamente o intelecto e tentam compreender o universo que os rodeia, por intervenção de tuas faculdades mentais. Por último, os indivíduos de mentalidade aquisitiva destacam nas tarefas administrativas e tratam de acumular bens e recursos pra conseguir um estatuto social e confortos objetos.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima