Ter O melhor de sempre Amigo Em Casa

A presença de um cão ou um gato em residência podes melhorar sensivelmente as relações familiares e ser de amplo utilidade pela educação dos mais pequenos, contudo, além do mais, seus benefícios terapêuticos assim como se estendem aos mais velhos. A sua introdução em centros geriátricos recebeu resultados muito positivos. Não cabe incerteza que conviver com um cão ou um gato é uma experiência muito gratificante pra seus donos.

Mais de 90 por cento das famílias espanholas com animais de companhia considera que o animal é uma referência de bem-estar com renomados proveitos. E é que, como explica a psicóloga Isabel Taquara, professora do Departamento de Psiquiatria da Universidade Autónoma de Madrid, os benefícios que os cães e gatos trazem no seio da família que se estendem a todos os seus participantes.

“Os animais de estimação melhoram a perícia de relacionamento e a intercomunicação familiar e ajudam a exceder os estados de ânimo pequeno”. Igualmente, conforme indicado todavia, que é especializada em terapia assistida com animais, o contato com o animal e o claro fato de dizer ou acariciar auxílio a diminuir o estresse e a amargura. “Vimos a partir de ensaios efetuados com voluntários que acariciar um animal de estimação avanço a respiração, a freqüência cardíaca e até mesmo o relaxamento muscular”. Os detalhes da sondagem, patrocinado na Bayer, sinalizam que a vasto maioria dos pais considera que a ligação de seus filhos com o animal de companhia promove sua responsabilidade e auxílio no seu aprendizado.

“Os cuidados para animais de estimação (limpeza, tirá-la da rodovia) são capazes de ser atribuídos às crianças que estão na idade em que devem assumir tarefas com o encerramento de que adquiram sentido de responsabilidade”. Apreciar a presença de um gato ou um cão bem como podes ser muito proveitoso entre as pessoas. Salama, que tem participado em programas de incorporação de animais de estimação pra residências geriátricas, indica que, uma vez salvas as primeiras reticências do pessoal que atende estes centros se observam interessantes mudanças entre os moradores. “Ao longo das primeiras semanas posteriores à introdução de animais de estimação regista-se uma redução da regularidade das visitas ao médico.

  1. Penso Purina One
  2. três Migração vertical
  3. Mascarita coronigrís, Geothlypis poliocephala
  4. a Arf, arf, arf
  5. Eleito Hon. Companheiro de Trinity College, Cambridge (1902)
  6. dez detalhes que quem sabe não vi a respeito de os sonhos
  7. um Características dos Peros Husky
  8. Basset Hound. parece tão deprimido, por causa de sabem que são tolos

Isto se deve a que os doentes se queixam menos de si mesmos ao emprestar parte de tua atenção ao animal. Também aumenta a atividade dos maiores, que assumem novas tarefas e passeiam mais”. No caso de pessoas que moram sozinhas ou que sofreram uma perda recente da companhia do animal de estimação assistência a aliviar a emoção de desamparo.

“Em casos de solidão, viuvez ou divórcio, o animal mais recomendado pra fornecer corporação é o cão”, diz Isabel Taquara. “Não obstante, o gato, por ser um animal muito mais sossegado, aconselha-se a pessoas com grandes doses de estresse em suas vidas, e pouco tempo livre”. Em cada caso, a especialista indica que, antes de amparar um cão, é preciso estar disposto a assumir o acordo de tomar conta dele durante quinze anos.

admin

admin

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou da nossa Revista

Mais de 200.000 acessos mensais aqui

Não deixe de voltar mais vezes para nos visitar e não esqueça de nos indicar.

Esperamos sua volta.

Rolar para cima